Contato
Entrar
Bom Dia - Terça-feira, 17 de Outubro de 2017
Notícias  |  Esporte

Cássio brilha, Corinthians joga bem e derrota o Grêmio na Arena

Fonte: Gazeta Esportiva
Data: 26/06/2017 ás 05:51:06
Gazeta Esportiva

O Corinthians teve uma grande atuação na tarde deste domingo, diante do vice-líder Grêmio, na casa do adversário. Controlando a maior parte do jogo, o Alvinegro conseguiu seu gol com Jadson, no começo do segundo tempo, em grande jogada de Paulo Roberto, e depois viu Cássio fechar o gol, pegando inclusive um pênalti, para assegurar a vitória por 1 a 0.

 

Com o resultado, o primeiro triunfo do Timão na casa dos gremistas, o clube do Parque São Jorge mantém sua invencibilidade na temporada, chega a 26 pontos conquistados na tabela do Brasileiro e abre quatro pontos justamente dos gaúchos, ainda vice-líderes com 22.

 

Na próxima rodada da competição, os comandados de Fábio Carille terão pela frente o Botafogo, no domingo, dia 2 de julho, às 16h (de Brasília), no estádio de Itaquera. Antes, porém, têm uma viagem para Tunja, na Colômbia, local do jogo de ida contra o Patriotas-COL, pela segunda fase da Copa Sul-Americana. Já Renato e sua trupe visitam o Palmeiras, no sábado, três dias depois de receber o Atlético-PR, também na Arena, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil.

 

Jogo movimentado, uma chance clara para cada

O primeiro tempo da partida mostrou um jogo estudado, como previa Fábio Carille, com o Grêmio permanecendo com a posse da bola na maior parte do tempo, mas encontrando dificuldades para entrar na defesa corintiana. Entre idas e vindas da redonda, sempre com Luan procurando aparecer entre as linhas de marcação corintianas, cada time conseguiu construir uma chance clara de gol.

 

Em escapada no meio-campo, aos 11 minutos, Paulo Roberto roubou a bola no ataque e conduziu sem ser incomodado, aproveitando boa proteção de Jô em lance com Kanneman. Frente a frente com Geromel, o volante deu uma pedalada e deixou o defensor adversário no chão, ficando cara a cara com Marcelo Grohe. Paulo tentou o gol com um toque rasteiro, de perna esquerda, mas parou em boa intervenção do arqueiro adversário.

 

Assustado com a investida dos visitantes, que até então não haviam ameaçado a sua meta, o Tricolor contou com o alto volume da sua torcida para adiantar a marcação e, em vez de tentar entrar tabelando na área corintiana, apostarem nos chutes de fora da área. No melhor deles, aos 21, Pedro Rocha exigiu boa defesa de Cássio. Na sequência, em falta lateral, Geromel, em posição legal, finalizou muito mal, por cima do gol.

 

Depois, até o intervalo, coube ao Timão ficar mais com a redonda e reclamar da arbitragem. Primeiro em escanteio cobrado na área, quando Rodriguinho foi agarrado por Edilson, mas o juiz deu falta de ataque. Depois em lance pela lateral, quando Fagner invadiu a área e alegou ter sido derrubado por Cortez. O lateral, porém, já havia perdido o domínio da bola na jogada.

 

Grohe leva entre as pernas, Cássio faz “gol”

Na volta para o segundo tempo,Carille prometeu adiantar a marcação e dar mais dificuldade à saída de bola dos mandantes. Não foi isso, no entanto, que conseguiu dar ao Timão a vantagem. Aos sete minutos, mais uma vez Paulo Roberto se lançou à frente em boa arrancada, ganhou da marcação de um adversário e contou com um desvio de Luan para driblar Geromel. Na linha de fundo, rolou para Jô. O centroavante não dominou, mas a bola ficou para Jadson, de primeira, achar um espaço entre as pernas de Grohe para abrir o placar.

 

O gol enervou um pouco o time gremista, que passou a se livrar da bola mais rapidamente, principalmente em chutes de média distância. Preocupado com isso, Renato tirou Arthur, que funcionava como terceiro homem de proteção para liberar Luan, e colocou Fernandinho para atacar na ponta direita, dando mais trabalho para Guilherme Arana.

 

O lance de perigo, porém, saiu pelo outro lado. Após lançamento para a área, Pedro Rocha conseguiu dominar e rabiscou para cima de Fagner. O atacante ganhou a dividida, conseguiu enganar Balbuena e achou Luan livre, quase na pequena área. O craque do campeonato chutou de bico, de primeira, mas parou em grande defesa de Cássio, sem rebote.

 

Sem conseguir criar grandes lances, Renato lançou mão de todo seu arsenal, com Fernandez e Everton, este no lugar de Edilson. Com mais volume de jogo, os donos da casa tiveram uma última oportunidade no único vacilo corintiano da tarde. Marquinhos Gabriel puxou Geromel fora do lance da bola em escanteio e o juiz deu pênalti. Luan mais uma vez teve sua chance, frente a frente com Cássio, mas o arqueiro foi bem, não caiu nas paradinhas e barrou o fraco chute do rival.

  • A-
  • A
  • A+
Nenhum comentário foi encontrado, sejá o primeiro a comentar esta notícia.
PUBLICIDADE

Carregando...

Seu MAC: CCBot/2.0 (http://commoncrawl.org/faq/)
Copyright © 2017
Todos os direitos reservados.
Desenvolvido e Hospedado por: