Contato
Entrar
Boa Tarde - Sábado, 19 de Agosto de 2017
Notícias  |  Agronegócios

Leilões divulgam qualidade do rebanho bovino mato-grossense

Profissionalismo do produtor garante maior produtividade e redução da idade de abate

Fonte: Laís Costa Marques - Assessoria ACRIMAT
Data: 08/07/2017 ás 07:21:26
Show de Notícias

Um dos mais tradicionais meios de comercialização de animais, os leilões de gado bovino movimentam a economia e são importantes vitrines para expor a qualidade do rebanho e os resultados dos investimentos em tecnologia. Durante a Expoagro, em Cuiabá, a expectativa é que R$ 30 milhões sejam comercializados entre animais para cria, recria, terminação e reprodução.

 

A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) é uma das entidades que apoiam e estimulam a atividade no Estado. O médico-veterinário e diretor-técnico da entidade, Francisco de Sales Manzi, explica que a evolução na qualidade dos animais produzidos pode ser observada pelo aumento na produção de carne por área.

 

“Nos últimos dez anos, o peso médio da carcaça do bovino produzido no Estado aumentou 17%, ou seja, um boi hoje produz mais carne do que o boi de dez anos atrás. Isso é resultado do investimento do produtor em genética, na nutrição e no manejo dos animais, resultando em precocidade, carne de qualidade e resistência”, explica o médico-veterinário.

 

Por meio dos leilões, os pecuaristas têm acesso a essas tecnologias e quem produz animais diferenciados pode comercializa-los, divulgando sua marca e reduzindo o custo de investimento.

 

DIMINUICÃO NA IDADE DE ABATE: Dados do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) apontam que a participam de animais abatidos com menos de 36 meses passou de 35% para 63%, de 2006 para 2016. Reduzir a idade de abate representa carne mais macia sendo abatida e menor custo de produção para o produtor.

 

Exemplares desses animais melhoradores estarão disponíveis por meio dos leilões. Os leilões realizados durante a feira agropecuária são  transmitidos pela televisão e pela internet e os produtores podem comprar de qualquer lugar do país. Antigamente, os animais de ponta se concentravam em grandes centros produtores e os pecuaristas do interior do Brasil nem sempre tinham conhecimento ou meios para adquirir”, afirma Francisco Manzi.

 

Durante a Expoagro, serão comercializados nove mil animais e todos os eventos serão transmitidos ou por canais de televisão ou por websites. A Expoagro começa na próxima sexta-feira (07) e segue até o dia 16 de julho. Este ano a feira agroindustrial agrega entretenimentos, tecnologia e negócios durante os dez de exposição em Cuiabá.

 

A Acrimat é parceira da Expoagro na realização do Fórum das Cadeias Produtivas e o Genapec, que oferecerão palestras e debates sobre logística, genética e demais tecnologias aplicadas no agronegócio.

  • A-
  • A
  • A+
Nenhum comentário foi encontrado, sejá o primeiro a comentar esta notícia.
PUBLICIDADE

Carregando...

Seu MAC: CCBot/2.0 (http://commoncrawl.org/faq/)
Copyright © 2017
Todos os direitos reservados.
Desenvolvido e Hospedado por: