NOTÍCIA | EMOÇÃO

Com lágrimas no olho, Emanuel diz 'não sou ladrão, não sou corrupto'

"Eu fui o homem errado na hora errada, por puro oportunismo, leviandade", disse Pinheiro.

Por: Khayo Ribeiro Gazeta Digital
Publicado em 30 de Novembro de 2020 , 06h49 - Atualizado 30 de Novembro de 2020 as 06h53


Chico Ferreira - A Gazeta

Reeleito prefeito de Cuiabá com 135.871 votos, Emanuel Pinheiro (MDB) se emocionou ao comentar sobre a exploração de sua imagem durante a campanha. Com lágrimas nos olhos, o gestor relembrou o escândalo do paletó e afirmou que "não sou ladrão, não sou corrupto".

Em entrevista com a imprensa, em frente a sua casa, o prefeito disse ter sido humilhado ao longo dos últimos 3,5 anos. Garantindo sua defesa, Pinheiro relembrou sua lista de bens declarados e assegurou que todas suas posses foram publicamente declaradas.

"É uma injustiça que fizeram comigo. Eu vou até me emocionar, porque a população cuiabana é maravilhosa. Eu não sou ladrão, eu não sou corrupto. Eu fui humilhado todo esse tempo, porque eu não podia falar o processo corria em segredo de Justiça", afirmou o prefeito.

"Me agrediram, me humilharam e baterem em mim 24 horas por dias ao longo dos últimos três anos e meio. Mas a população cuiabana é maravilhosa. Eu devo isso a ela porque eu nada tenho a ver com essa mar de lama, proporcionado pelo ex-governador do Estado, esse sim réu", reiterou o gestor.

Com a fala embargada, o prefeito reafirmou o discurso de que era o homem errado no momento errado, sustentando a tese de que todo o flagrante do vídeo em que aparece guardando maços de dinheiro no paletó não passaria de uma armação.

"E eu sou associado com uma imagem onde eu fui usado. Já mostramos e já falei sobre isso na campanha. Eu fui o homem errado na hora errada, por puro oportunismo, leviandade", disse Pinheiro.

Auto Posto Arinos LTDA
Sicredi
Soluti - Exatas Contabilidade
Jumasa
Jud
Covid-19
RC Sistemas
Exatas Contabilidade




MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2021 © showdenoticias.com.br