NOTÍCIA | ESTUDANTE PREMIADA

Servidora de Mato Grosso ganha concurso de boas práticas do Consórcio Brasil Central

Andrea Fujioka venceu com a ação de Parcerias Sociais em Infraestrutura

Por: Lucas Rodrigues | Secom-MT
Publicado em 02 de Setembro de 2020 , 18h30 - Atualizado 02 de Setembro de 2020 as 18h45


Reprodução - Secom MT

A servidora estadual Andrea C. Domingues Fujioka, do Governo Mato Grosso, ganhou o concurso de boas práticas na categoria Infraestrutura e Logística, promovido pelo Consórcio Brasil Central, que reúne sete estados - Distrito Federal, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão e Rondônia.

Andrea atua como gestora governamental na Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) e ganhou a disputa com a boa prática “Parcerias Sociais em Infraestrutura”.

A premiação foi anunciada na última quarta-feira (01.09) pelo governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, que preside o consórcio. Foram seis categorias: Infraestrutura e Logística, Saúde Pública, Desenvolvimento Econômico, Gestão Pública, Segurança e Educação.

Além de Andrea, outro representante de Mato Grosso se destacou na premiação. O servidor Sérgio Augusto Soares Leal, da Sedec, ficou em segundo lugar na categoria de Desenvolvimento Econômico, com a boa prática "Observatório do Agronegócio”.

“Ficamos muito contentes com a adesão dos nossos servidores, que apresentaram boas iniciativas apresentadas em seus estados e concorreram nesse concurso. Tenho certeza que as boas práticas de todos que apresentaram as ideias serão compartilhadas com todos os estados para que essa troca signifique mais eficiência”, destacou o governador.

Ao todo, foram 58 inscrições dos sete estados consorciados, sendo nove de Mato Grosso. As boas práticas foram avaliadas com notas de 0 a 10, baseadas em 04 critérios: alcance da iniciativa, escala e documentação necessária para reaplicação, inovação e singularidade, além da metodologia de concepção, coerência e clareza.

“O concurso é uma ferramenta de suma importância para disseminar as práticas e estudos dos projetos, no caso, em infraestrutura e logística. Surpreendentemente recebi o prêmio de primeiro lugar, o que foi muito satisfatório, porque mostra o reconhecimento de todo nosso empenho, além da possibilidade de multiplicação do trabalho desempenhado, refletindo na melhoria do serviço público prestado”, afirmou a servidora Andrea Fujioka.

A iniciativa

A boa prática “Parcerias Sociais em Infraestrutura” tem como objeto a implementação e manutenção de obras de infraestrutura (rodovias etc.) por meio do pedágio social aportado pelas entidades privadas sem fins lucrativos, com a contrapartida mínima em bens e serviços de 15% sobre o valor global.

Nessa modalidade, as entidades têm a oportunidade de manter as rodovias em condições seguras através do pedágio social.

Já existem dois editais publicados até meados de novembro de 2019 e mais 5 editais patra serem lançados ainda neste ano. Além disso, o governo já conta com mais de 20 iniciativas de parcerias que encontram-se em fase de elaboração e análise de projetos para passarem pelo crivo de admissibilidade da fase de planejamento e futuros lançamentos de editais. O objetivo é que, somente através deste programa, sejam pavimentadas e mantidas mais de 1000km de rodovias até o ano de 2022.

Jud
RC Sistemas
Soluti - Exatas Contabilidade
Auto Posto Arinos LTDA
Faculdade Anhanguera
Exatas Contabilidade
Jumasa
Sicredi
Covid-19




MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2020 © showdenoticias.com.br