NOTÍCIA | EDUCAÇÃO

Escolas militares de Nova Mutum e Juara têm 90% dos alunos aprovados em universidades públicas

Sinop é um dos municípios que estão pleiteando a instalação de escola militar ainda para este ano. Outros também aguardam a definição do governo.

Por: Só Notícias
Publicado em 10 de Fevereiro de 2020 , 06h36 - Atualizado 10 de Fevereiro de 2020 as 06h38


Arquivo Show de Notícias - Escola Militar de Juara
Um levantamento divulgado hoje informa dados preliminares apontando que 155 estudantes de Escolas Estaduais Militares Tiradentes mato-grossenses que fizeram o Enem 2019 foram aprovados em universidades públicas como a Federal de Mato Grosso (UFMT), a estadual (Unemat), o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), entre outras. Somente da Escola Tiradentes de Cuiabá o primeiro levantamento apontou 100 aprovações em cursos como Medicina, Direito, Engenharia Civil, Ciências da Computação, entre outros.
 
Na Escola Tiradentes ‘Celso Henrique de Souza Martins’, sediada em Nova Mutum, por exemplo, a aprovação foi de 94.44%, dos 18 alunos que concluíram o ensino médio 17 estão ingressando em universidades.
 
Percentual similar de aprovação teve a Escola Tiradentes ‘Cabo Israel Wesley Prado de Almeida’, de Juara (300 km de Sinop). Dos 16 alunos que concluíram o “terceirão”, 15 foram aprovados. O estudante não aprovado só ficou de fora, apesar da pontuação alta, porque sua única opção é medicina.
 
Os dados são preliminares e foram disponibilizados pela Diretoria de Ensino e Pesquisa da Polícia Militar. Mas como não existe um sistema de monitoramento e controle automático das aprovações, os números devem aumentar na medida em que as escolas recebem informações sobre os alunos aprovados em levantamentos próprios.
 
Mato Grosso tem sete Escolas Militares Estaduais Tiradentes em funcionamento. Uma delas, a de Rondonópolis, instalada ano passado, ainda não oferece o ensino médio. Já Tiradentes de Lucas do Rio Verde forma a primeira turma do ensino médio ano que vem.
 
Na avaliação do diretor interino das Escolas Tiradentes, tenente-coronel Wellington Prado de Campos, os números são positivos e resultado da parceria entre a PM e a secretaria estadual de Educação (Seduc), somado ao compromisso dos professores e policiais militares que se dedicam ao ensino nessas escolas. Ele também citou a adesão dos alunos e pais ao modelo de ensino que têm a disciplina como um dos princípios.
 
Nesta segunda-feira (10) cerca de 2.900 estudantes voltam às aulas nas sete escolas militares .Em Cuiabá, onde está sediada a mais antiga e maior unidade, com 1.100 alunos, a aula inaugural terá como palestrante o comandante da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis, informa a assessoria.
 
Sinop é um dos municípios que estão pleiteando a instalação de escola militar ainda para este ano. Outros também aguardam a definição do governo.
Soluti - Exatas Contabilidade
Covid-19
Jumasa
Exatas Contabilidade
Auto Posto Arinos LTDA
RC Sistemas
Sicredi
Jud
Faculdade Anhanguera




MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2020 © showdenoticias.com.br