NOTÍCIA | AGROPECUÁRIA

Agropecuária sustentável é comemorada por Carlos César Floriano

O UNFCCC é o tratado internacional resultante da Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento.

Por: Carlos César Floriano - CEO do Grupo VMX
Publicado em 27 de Maio de 2021 , 10h35 - Atualizado 27 de Maio de 2021 as 10h43


Assessoria de Imprensa do Grupo VMX Agro

O sistema Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) e a agricultura movida à ciência para uma produção com baixa emissão de carbono já comprovaram seus resultados para a produção sustentável da agropecuária brasileira. Carlos César Floriano, CEO do Grupo VMX, celebrou com grande otimismo o reconhecimento, agora, pela Convenção-Quadro das Nações Unidas em relatório publicado em abril deste ano no âmbito da reunião de Koronivia para a agricultura.

O UNFCCC é o tratado internacional resultante da Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento.

No documento que faz clara referência ao Brasil, é citado o sistema integração lavoura pecuária floresta, como responsável por contribuir com a segurança alimentar e o desenvolvimento socioeconômico; a agricultura de precisão e a tecnologia baseada em ciência, que elevaram a produtividade e reduziram em 50% o preço dos alimentos, contribuindo com a segurança alimentar, o desenvolvimento sustentável e a renda dos agricultores.

No texto, o Secretariado da UNFCCC destacou ainda que a produtividade brasileira aumentou 386% e a área agrícola apenas 83%, o que significa a preservação de 120 milhões de hectares de floresta através do investimento do Brasil em políticas públicas relevantes e tecnologia de base científica.

Ainda no texto apresentado na Convenção-Quadro das Nações Unidas foi ressaltada a promoção da agricultura, baseada na intensificação sustentável; a inovação tecnológica; a adaptação às mudanças climáticas; e a conservação dos recursos naturais. Ainda de acordo com o relatório, o Brasil pretende continuar esses esforços e usar oportunidades de cooperação intercâmbio de conhecimento e apoio multilateral como estratégias-chave para alcançar o desenvolvimento sustentável e a segurança alimentar.

A Agricultura de Baixa Emissão de Carbono, o Plano ABC, é um grande expoente da adoção de tecnologias para a produção com o compromisso de redução de gases de efeito estufa. Executado de 2010 a 2020, o Plano ABC registrou resultados bem-sucedidos, tornando-se referência mundial de política pública para o setor. Para a próxima década, o ABC+ reestrutura os conceitos e estratégias, mantendo o compromisso com a sustentabilidade na produção de alimentos, fibras e energia, promovendo resiliência e aumentando a produtividade e renda dos sistemas agropecuários de produção, permitindo ainda redução de emissões de gases de efeito estufa.

Para Carlos César Floriano, “é importante que o mundo veja o Brasil como um grande produtor do agronegócio mas, ao mesmo tempo, que preserva a natureza”, explica.

Carlos César Floriano e o fator ILPF

A Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) é outro fator para a produção sustentável, na medida em que promove a recuperação de áreas de pastagens degradadas agregando, na mesma propriedade, diferentes sistemas produtivos, como os de grãos, fibras, carne, leite e agroenergia. “Desta maneira, busca melhorar a fertilidade do solo com a aplicação de técnicas e sistemas de plantio adequados para a otimização e a intensificação de seu uso” explica Carlos César Floriano.

A integração também reduz o uso de agroquímicos, a abertura de novas áreas para fins agropecuários e o passivo ambiental. Possibilita, ao mesmo tempo, o aumento da biodiversidade e do controle dos processos erosivos com a manutenção da cobertura do solo. Aliada a práticas conservacionistas, como o plantio direto, se constitui em uma alternativa econômica e sustentável para elevar a produtividade de áreas degradadas.

Dessa forma, permite a diversificação das atividades econômicas na propriedade e minimiza os riscos de frustração de renda por eventos climáticos ou por condições de mercado.

O desenvolvimento da atividade agrícola brasileira, consolidada a partir de inovações tecnológicas e científicas se dá em articulação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

O Koronivia é uma instância importante nas negociações sobre agricultura, dentro da UNFCCC, que busca valorizar a importância da agricultura e da segurança alimentar na agenda de mudanças climáticas.

 

Jud
Exatas Contabilidade
Sicredi
Soluti - Exatas Contabilidade
Covid-19
RC Sistemas
Auto Posto Arinos LTDA
Jumasa




MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2021 © showdenoticias.com.br