NOTÍCIA | INTERNET NO CAMPO

Carlos César Floriano celebra plano de expansão da internet na área rural

Dentre as ações listadas no Plano, se destacam a identificação e o desenvolvimento de soluções para o Agro 4.0,

Por: Carlos César Floriano - CEO do Grupo VMX
Publicado em 16 de Abril de 2021 , 10h15 - Atualizado 16 de Abril de 2021 as 10h19


Reprodução VMX Agro

O CEO do Grupo VMX Agro, Carlos César Floriano, está otimista com as novas possibilidades apresentadas para o campo após a aprovação pela Câmara do Agro 4.0, em 7 de abril de 2021, do Plano de Ação para o período 2021-2024 para a ampliação do acesso à internet nas propriedades rurais e na aquisição de tecnologias e serviços.

Dentre as ações listadas no Plano, se destacam a identificação e o desenvolvimento de soluções para o Agro 4.0, o fortalecimento de instrumentos adequados de oferta e acesso a inovações pelos produtores do agronegócio e a garantia do volume de recursos necessários, a um custo viável, para efetivar as soluções.

Nesse sentido, espera-se o aumento da oferta de respostas inovadoras pelo mercado, por parte de empresas de base tecnológica, startups e integradoras, bem como a utilização, cada vez mais rotineiras dessas soluções no dia a dia das propriedades rurais do Brasil, em especial, nas de pequeno e médio portes. Além disso, a coordenação apontada no Plano de Ação evitará a sobreposição de esforços individuais de instituições públicas e privadas para solucionar necessidades e demandas do Agro 4.0 no país.

Para Carlos César Floriano, “é chegada a hora do campo se modernizar e, uma grande barreira enfrentada atualmente, é justamente a indisponibilidade da internet”, explica.

Existe a expectativa em relação à transformação digital da agropecuária no país, para isso, o Agro 4.0 pretende levar ao campo a conectividade, informação qualificada, tecnologia e inovação, elementos essenciais para manter o Brasil como protagonista no Agro global.

Segundo Carlos César Floriano, “muitos equipamentos do agronegócio utilizam GPS e, sem acesso à internet, isso se torna impossível”, esclarece.

“O Censo Agropecuário mais recente, realizado em 2017 pelo IBGE, apontou que, dos 5,07 milhões de propriedades rurais brasileiras, 71,8%, ou seja, 3,64 milhões de estabelecimentos no campo não possuem conexão à internet” complementa Carlos César Floriano.

O objetivo da Câmara do Agro 4.0, criada em agosto de 2019, quando foi firmado o acordo de cooperação técnica entre os Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), é implementar ações destinadas à expansão da internet no meio rural, ao aumento da produtividade no campo e à difusão de novas tecnologias e serviços inovadores nas propriedades rurais.

Participam desta Câmara representantes de entidades dos setores produtivo e de pesquisa agropecuária e de tecnologia do país, além de representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB).

Soluti - Exatas Contabilidade
Covid-19
RC Sistemas
Jumasa
Jud
Auto Posto Arinos LTDA
Exatas Contabilidade
Sicredi




MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2021 © showdenoticias.com.br