NOTÍCIA | MAI CRÉDITO RURAL

Carlos César Floriano destaca aumento do crédito rural

Os recursos da poupança rural aplicados nos financiamentos de investimento realizados pelos médios e pequenos produtores responderam, respectivamente, por 41% (Pronamp) e 46% (Pronaf).

Por: Assessoria de imprensa do Grupo VMX Agro
Publicado em 15 de Fevereiro de 2021 , 17h25 - Atualizado 15 de Fevereiro de 2021 as 17h28


Reprodução VMX Agro
O CEO do Grupo VMX Agro, Carlos César Floriano, destacou que a contratação de crédito rural para a safra 2020/2021, no período de julho do ano passado a janeiro deste ano, atingiu R$ R$ 135,3 bilhões, o que representa uma alta de 17% em relação ao mesmo período da safra anterior.
 
De acordo com o Balanço de Financiamento Agropecuário da Safra 2020/2021, o crédito para investimento alcançou R$ 43,52 bilhões (41%), R$ 72,7 bilhões para custeio (13%), R$ 11,59 bilhões para comercialização (9%) e R$ 7,59 bilhões para industrialização (4%). “Isso representa que há otimismo no campo, o que pode significar aumento na produção nos próximos meses”, explica Carlos César Floriano. 
 
As aplicações de investimento se situaram em R$ 1,75 bilhão (7%) com contratações dos médios produtores (Pronamp), em R$ 9,72 bilhões (9%) para os pequenos agricultores (Pronaf)  e para os demais produtores em R$ 32,05 bilhões (58,2%).
 
Os recursos da poupança rural aplicados nos financiamentos de investimento realizados pelos médios e pequenos produtores responderam, respectivamente, por 41% (Pronamp) e 46% (Pronaf). Os demais produtores respondem por 34% da contratação de investimento.
 
Em relação aos programas de investimento, com recursos do BNDES administrados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, estão o Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota): R$ 6,97 bilhões (47%), Programa de Construção e Ampliação de Armazéns (PCA): R$ 1,62 bilhão (73%), Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária (Inovagro): R$ 1,54 bilhão (31%), Programa de Incentivo à Irrigação e à Produção em Ambiente Protegido (Moderinfra): R$ 686 milhões (110%) e Programa de Modernização da Agricultura e Conservação dos Recursos Naturais (Moderagro): R$ 1,27 bilhão (36%).
 
Sobre os créditos de custeio, os valores contratados pelos médios produtores (Pronamp) foram de R$ 16,2 bilhões (6%), R$ 11,12 bilhões (17%) pelos pequenos produtores (Pronaf) e R$ 45,38 bilhões (15%) para os demais produtores.
 
O diretor do Departamento de Crédito e Informação da Secretaria de Política Agrícola do Mapa, Wilson Vaz de Araújo, destaca que as contratações de crédito rural com recursos da fonte Poupança Rural Controlada atingiram R$ 41,09 bilhões, uma expansão de 81%, respondendo por 30% do crédito rural na atual safra, até janeiro deste ano.
RC Sistemas
Exatas Contabilidade
Jud
Covid-19
Sicredi
Jumasa
Soluti - Exatas Contabilidade
Auto Posto Arinos LTDA




MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2021 © showdenoticias.com.br