NOTÍCIA | LEITE É BOM

Carlos César Floriano estimula o consumo de leite no Brasil

O Brasil, um dos maiores produtores de leite do mundo, precisa valorizar, aqui e no exterior, os pontos positivos do setor lácteo.

Por: Carlos César Floriano - CEO do Grupo VMX
Publicado em 22 de Setembro de 2021 , 18h27 - Atualizado 22 de Setembro de 2021 as 18h29


Reprodução VMX Agro

A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer em novembro deste ano, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Conforme informações de Carlos César Floriano, CEO do Grupo VMX, “O órgão consultivo e propositivo é constituído por 30 instituições membros e convidados permanentes”, explica.

O setor de leite movimenta a economia, contribui para o PIB Nacional, gera emprego e renda para milhares de brasileiros, em todos os elos da cadeia produtiva, do produtor familiar aos grandes laticínios, dos distribuidores aos minimercados, que levam o produto às mãos do consumidor. 

O Brasil, um dos maiores produtores de leite do mundo, precisa valorizar, aqui e no exterior, os pontos positivos do setor lácteo. Segundo Carlos César Floriano, “Este será um dos objetivos da 1º Semana do Leite: reunir produtores, laticínios e supermercados em um projeto exclusivo para mostrar a importância econômica e também os benefícios para a saúde através desse alimento e seus derivados”, diz.

A Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados está preparando ações para divulgar a importância e a qualidade do leite e seus derivados produzidos aqui no Brasil. A ideia é que essa ação seja de longo prazo e faça parte do calendário anual deste segmento. O leite e seus derivados são essenciais para o crescimento do Brasil e dos brasileiros, alimentam as pessoas e a economia. 

Carlos César Floriano comenta a evolução no setor

Há pouco mais de 20 anos o Brasil era o maior importador mundial de lácteos, atualmente apresenta a garantia do abastecimento e também da segurança alimentar de 215 milhões de brasileiros e também partindo para um tempo breve em que os produtores brasileiros também serão um player no mercado internacional de lácteos.

A Câmara Setorial possui a convicção de que o Brasil tem potencial para ser a maior bacia leiteira do mundo. Então, esse evento vai ajudar a criar esse ambiente pró-leite, que precisa ser resgatado e potencializado.

Para construir a campanha de forma coletiva, foram realizadas reuniões com a participação de representantes do Mapa, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), de cooperativas, indústrias e produtores, da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), da Associação Brasileira de Laticínios (Viva Lácteos) e outros parceiros. 

A ação será a primeira de várias que virão para demonstrar a capacidade de confirmar que o setor de leite e derivados consegue agir de forma coordenada em prol de toda a cadeia produtiva.

“A campanha visa mostrar que a cadeia produtiva do leite é fundamental para a saúde dos brasileiros, com seus nutrientes; para a economia, com a geração de empregos diretos e indiretos; para o meio ambiente, com boa alimentação e bem-estar animal; e para o país, que se desenvolve com o crescimento de todos os setores envolvidos” esclarece Carlos César Floriano. O Brasil é o 4ª maior produtor de leite do mundo, produz mais de 34 bilhões de litros por ano. Dos 5.570 municípios brasileiros, 99% são produtores de leite. De acordo com Carlos César Floriano, “São mais de 1 milhão de produtores nacionais, a maioria da agricultura familiar. O setor movimenta mais de R$ 100 bilhões ao ano, gerando mais de 4 milhões de empregos no campo”, explica.

Gostou da matéria? Veja aqui mais notícias em nosso site.

Jumasa
Sicredi
Jud
RC Sistemas
Exatas Contabilidade
Auto Posto Arinos LTDA
Covid-19
Soluti - Exatas Contabilidade

JUARA MATO GROSSO



MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2021 © showdenoticias.com.br