NOTÍCIA | MAIS EXPORTAÇÕES

Exportação do agronegócio alcança novos patamares no primeiro trimestre de 2024

Superando marcas anteriores, março se destaca com a conquista de 10 novos mercados em sete países.

Por: Carlos César Floriano - CEO do grupo VMX
Publicado em 03 de Maio de 2024 , 08h05 - Atualizado 03 de Maio de 2024 as 08h06


O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) celebra um marco histórico no mês de março, encerrando o trimestre com um recorde de aberturas de novos mercados para o agronegócio brasileiro. “O primeiro trimestre de 2024 se destaca como o mais bem-sucedido da série histórica, impulsionado por um esforço conjunto para ampliar as oportunidades de exportação”, afirma Carlos César Floriano, CEO do Grupo VMX.

Superando marcas anteriores, março se destaca com a conquista de 10 novos mercados em sete países.

Esse desempenho excepcional se estende aos meses anteriores, com fevereiro registrando sete mercados em seis países e janeiro com nove mercados em cinco países.

No total, desde o início do ano, já são 26 novos mercados abertos em 18 países, totalizando 104 desde o início do terceiro mandato do presidente Lula e a gestão do ministro Carlos Fávaro no Mapa.

“Essas conquistas abrangem uma variedade de continentes, destacando a diversificação das exportações brasileiras”, explica Carlos César Floriano.

Desde a África do Sul até o Canadá, e da Austrália à Grã-Bretanha, os produtos brasileiros estão encontrando novos destinos em todo o mundo.

Isso não se limita aos produtos tradicionais, como carnes e soja, mas também, inclui uma gama diversificada de produtos agropecuários, desde pescados até café verde e embriões bovinos.

Carlos César Floriano destaca o trabalho do Mapa

Para garantir que os produtores aproveitem ao máximo essas novas oportunidades, o Mapa está trabalhando em estreita colaboração com os países importadores para garantir o cumprimento dos requisitos sanitários e fitossanitários.

“Além disso, foram estabelecidos Grupos de Trabalho específicos para lidar com questões relacionadas a cada novo mercado”, diz Carlos César Floriano.

Esses esforços refletem o compromisso contínuo do Brasil em fortalecer seu papel como líder global no setor agrícola.

Com um histórico impressionante de crescimento e inovação, o país está posicionado para continuar ampliando sua presença nos mercados internacionais, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social do Brasil e para a segurança alimentar global.

Durante este trimestre, uma série de novos mercados foram abertos para os produtos agrícolas brasileiros. Entre eles estão o açaí em pó, agora exportado para a Índia; alevinos de tilápia, que encontram um novo mercado nas Filipinas; e asnos, exportados para o México.

“Os bovinos vivos também foram exportados para Omã e Paquistão, enquanto a Zâmbia agora importa café verde do Brasil”, esclarece Carlos César Floriano.

O El Salvador abriu suas portas para a carne de aves, enquanto Singapura passou a importar carnes e produtos cárneos de ovinos do Brasil.

O Egito expandiu suas importações, incluindo carnes, produtos cárneos e miúdos de caprinos e ovinos do Brasil. Outro avanço foi registrado na Costa Rica, que agora importa células-tronco mesenquimais de equinos, cães e gatos.

Botsuana passou a importar embriões bovinos, enquanto o Paquistão importa embriões in vivo e in vitro de bovinos do Brasil. Singapura agora também importa extrato de carne bovina do Brasil.

Os produtos de gelatina e colágeno, incluindo aqueles de origem bovina e suína, estão sendo exportados para El Salvador, Estados Unidos, Canadá e Grã-Bretanha. Ovos do Brasil estão sendo exportados para El Salvador e Rússia.

Os pescados do Brasil estão encontrando novos mercados na Austrália e na África do Sul. Filipinas importam produtos de reciclagem animal do Brasil, enquanto Botsuana e Paquistão importam sêmen bovino do Brasil.

Por fim, a Arábia Saudita abriu suas portas para as sementes brasileiras.

Sicredi
Exatas Contabilidade
Soluti - Exatas Contabilidade
Auto Posto Arinos LTDA

JUARA MATO GROSSO



MAIS NOTÍCIAS


Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2024 © showdenoticias.com.br