NOTÍCIA | ENSINO HÍBRIDO

Ensino híbrido não será adotado em municípios com alto risco para contaminação da Covid-19

Escolas estaduais devem seguir os decretos municipais, como estabelece nota técnica publicada pela Seduc e SES

Por: Seduc-MT
Publicado em 28 de Maio de 2021 , 08h45 - Atualizado 28 de Maio de 2021 as 08h55


Retorno híbrido está marcado para o dia 7 de junho - Foto por: David Borges

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), esclarece que as unidades de ensino devem seguir as recomendações sanitárias vigentes no município onde estão localizadas para a volta das aulas no sistema híbrido.

Nota Técnica conjunta elaborada pela Seduc-MT e pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) estabelece todas as diretrizes a serem seguidas, considerando a situação epidemiológica de cada município.

Se houver medidas mais restritivas, com base em decretos, as aulas não devem ser retomadas na modalidade híbrida ou, se já retomadas, devem ser suspensas no caso de agravamento da situação epidemiológica.

Aulas

Os dados sobre a pandemia da Covid-19 de cada município estão disponíveis no PAINEL INTERATIVO COVID-19 de Mato Grosso, no site oficial da Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso.

A Seduc reforça que a decisão do retorno seguro às aulas compreende o engajamento de vários atores, dividindo as responsabilidades entre os gestores da saúde e educação a nível estadual, municipal e escolar.

Leia a íntegra da Nota Técnica no anexo abaixo.

Covid-19
Jumasa
Sicredi
Soluti - Exatas Contabilidade
Jud
Auto Posto Arinos LTDA
Exatas Contabilidade

JUARA MATO GROSSO



MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2022 © showdenoticias.com.br