NOTÍCIA | PERTO DO ACESSO

Cuiabá vence Paraná Clube e fica a 1 ponto da série A em 2021

Agora, a equipe de Allan Aal precisa de apenas um ponto para matematicamente disputar a Série A

Por: ISTO É
Publicado em 20 de Janeiro de 2021 , 07h22 - Atualizado 20 de Janeiro de 2021 as 07h29


Reprodução Gazeta Esportiva

Quebrando o jejum de três rodadas sem vencer como visitante na Série B, o Cuiabá obteve uma fundamental vitória por 2 a 0 sobre o Paraná na Vila Capanema. Isso porque, agora, a equipe de Allan Aal precisa de apenas um ponto para matematicamente disputar a Série A no segundo semestre de 2021 por acumular 61 pontos na terceira posição, seis a mais do que o quinto colocado Juventude.

Por sua vez, o resultado foi absolutamente desastroso para os donos da casa que viram o cenário de fuga do rebaixamento ficar bem complicado. Em 18° colocado parado nos 36 pontos, a equipe paranista já acumula três pontos para o primeiro fora da zona da degola (Náutico) sendo que a distância pode aumentar na sequência da rodada.

Apesar da primeira oportunidade perigosa da partida ter saído dos pés do Tricolor da Vila, quem notoriamente aos poucos conseguiu ler melhor a partida e assumir as ações ofensivas da partida foi a equipe cuiabana. Tendo cada vez mais a presença no ataque tanto na pressão pós-perda como na saída de bola paranista, os dirigidos por Allan Aal se aproximavam da abertura do placar que aconteceu com Elvis, na infiltração, tendo relativa liberdade para testar no canto oposto de Renan.

Tendo a necessidade de sair para o jogo aumentada, o time da casa se deparou fortemente com um problema de lentidão quando conseguia retomar a posse de bola. Assim, mesmo que o Dourado não tivesse o absoluto controle das ações e dominasse a partida na base do volume, não tinha muito trabalho na recomposição e conseguia manter o Paraná bem distante de criar maiores problemas a meta defendida por João Carlos durante praticamente toda a sequência da etapa inicial.

Apesar do aumento de ritmo na questão da movimentação das duas equipes na segunda metade do confronto, a clara impressão passada foi de que os times tiveram mais mobilidade do que, efetivamente, oportunidades claras de gol de ambos os lados.

Com isso, apesar de João Carlos e Renan terem trabalhado ao menos uma vez nesse período em batidas fortes vindas de dentro da grande área, quem conseguiu a chegada aguda e foi capaz de converter foi Yago. Depois de passe muito bem colocado em profundidade por Matheus Barbosa, o atacante invadiu a grande área e teve tranquilidade para dar uma “cavadinha” que encobriu o arqueiro do Paraná.

Sicredi
Jumasa
RC Sistemas
Exatas Contabilidade
Jud
Auto Posto Arinos LTDA
Soluti - Exatas Contabilidade
Covid-19




MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2021 © showdenoticias.com.br