Governo Federal premia empresa de MT com filial em Juara, por incentivo ao esporte

O prêmio, que já está em sua sexta edição, reconhece empresas que apoiam o cenário esportivo no Brasil, premiando os maiores doadores do esporte nacional

Por: Dialum Assessoria
Publicado em 06 de Dezembro de 2018, 06h49 - Atualizado 06 de Dezembro de 2018 ás 06h56


Reprodução - Dialum Assessoria

A empresa mato-grossense Áster Máquinas foi reconhecida com oPrêmio Empresário Amigo do Esporte, uma iniciativa do Ministério do Esporte,realizada na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), em São Paulo.

O prêmio, que já está em sua sexta edição, reconhece empresas que apoiam o cenário esportivo no Brasil, premiando os maiores doadores do esporte nacional, sejam empresas que descontam 1% de seus lucros ou pessoas físicas em 6% de suas responsabilidades fiscais.

Segundo a gerente de Marketing e Qualidade da Áster Máquinas, Gabriela Lima, um dos valores da empresa é a sustentabilidade, portanto o esporte não poderia ficar de fora do escopo de preocupações da empresa, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

“Por isso, incentivamos as práticas saudáveis que venham a contribuir com a qualidade de vida da comunidade. A Áster Máquinas orgulha-se contribuir para o desenvolvimento da sociedade, e esse reconhecimento confirma que estamos no caminho certo”, afirma Gabriela.

O evento, que contou com a participação do ministro do Esporte, Leandro Cruz, foi apresentado por dois medalhistas olímpicos: Poliana Okimoto, medalha de bronze nas maratonas aquáticas nos Jogos Olímpicos Rio 2016, e Tiago Camilo, medalha de prata no judô nas Olimpíadas de Sydney 2000 e o bronze em Pequim 2008.

No total, foram premiadas as seguintes categorias: Maiores Amigos do Esporte – Estados, Maiores Amigos do Esporte - Pessoa Física, Maiores Amigos do Esporte de Participação, Maiores Amigos do Esporte de Rendimento, Maiores Amigos do Esporte Educacional e Maiores Amigos do Esporte.

“Minha satisfação por participar desse prêmio é imensa”, ressaltou Leandro Cruz. “No dia de hoje, a gente reconhece aquelas empresas e aqueles empresários que têm responsabilidade social para investir no esporte. Acima de tudo, a gente agradece a essas empresas em nome de todo o esporte brasileiro. A gente precisa divulgar bem as empresas que apoiam, respeitam e incentivam o esporte brasileiro”, continuou o ministro do Esporte, que reforçou a importância da Lei de Incentivo ao Esporte para país.

A Lei do Incentivo ao Esporte foi criada em 2007, ajustada em 2016, e durante todo este período foram mais de 2,1 bilhões de reais aportados aos projetos esportivos beneficiando milhões de atletas de todos os níveis no país. No ano passado, a lei captou R$ 241 milhões, beneficiando mais de um milhão de pessoas diretamente.


Judô
Jumasa
Auto Posto Arinos LTDA
Exatas Contabilidade
RC Sistemas
Sicredi
Faculdade Anhanguera

0 | COMENTÁRIO
Nenhum comentário foi feito até o presente momento.




MAIS NOTÍCIAS

Inviolável


Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2018 © showdenoticias.com.br