NOTÍCIA | ARTIGO NA FORBES

Criado em Juara, estudante de direito é reconhecido internacionalmente e tem artigo publicado na revista Americana Forbes.

O Show de Notícias reproduz aqui o artigo publicado na Forbes.

Por: Show de Notícias, com informações de Annie Brown
Publicado em 20 de Setembro de 2021 , 20h10 - Atualizado 21 de Setembro de 2021 as 19h47


Joilson Júnior Melo - (arquivo pessoal)

Um artigo sobre inteligência Artificial, do jovem empresário que morou em Juara, hoje estudante de direito, Joilson Junior Melo, 33 anos,  foi publicado pela Revista Americana Forbes.

Jovem simples, muito trabalhador e inteligente, Joilson Júnior Melo, é cuiabano, mas morou em Juara no período de 1999 a 2018 e começou sua vida como programador de sites para a internet.

Joilson evoluiu, cresceu na profissão e na vida, hoje é um grande empresário, possui propriedades rurais e passou a estudar direito depois que deixou Juara. Por ser muito ligado a programação de computadores, escreveu um artigo sobre a Inteligência Artificial, que hoje tornou-se mundialmente conhecido com a publicação de seu artigo na Revista Americana Forbes.

O artigo escrito por Joilson Melo, versa sobre “Justiça, equidade e equidade: explorando a relação entre a inteligência artificial e a lei”.

Clique AQUI e veja o artigo escrito por Joilson Melo

Como estudante de Direito, Melo ingressou com pedido de ação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra o Tribunal de Justiça de Mato Grosso, tomada em decisão que autorizou os cidadãos a interporem pedidos na Justiça por meio eletrônico, sem advogado e no Juizado Especial, observando o valor da causa, para que não ultrapasse 20 salários.

A petição de Melo revelou existir na lei que permite isso e sua vitória fez cumprir essas disposições. Os resultados para os desprivilegiados e aqueles que não podem pagar advogados foram imensos. 

Sobre a IA e proteção de dados, Joilson comenta:

À medida que continua a desenvolver tecnologias mais inteligentes, a proteção de dados se torna uma questão cada vez mais importante. Isso inclui proteger informações de hackers e cumprir os padrões GDPR em todos os setores que coletam dados pessoais sobre seus clientes.

Além do GDPR, os países poucos aprovaram leis direcionadas que afetam o big data. De acordo com aPesquisa de Tecnologia de2018 daInternational Legal Technology Association , 100 por cento dos escritórios de advocacia com 700 ou mais advogados usam ferramentas de IA ou estão buscando projetos de IA.

Se essa tendência continuar e encontrar uma vontade dos tribunais e juízes de adotar IA, eles acabariam caindo na categoria de empresas que precisam obedecer às regras de proteção de dados. O privilégio do cliente / advogado pode correr o risco de um hack e também de decisões judiciais.

A necessidade de leis locais rigorosas que ajudem a regular como os dados são recebidos e gerenciados nunca foi tão clara, e é por isso que é chocante que muitos governos não têm agido com mais rapidez.

O Show de Notícias reproduz aqui o artigo publicado na Forbes.

Jumasa
Jud
Sicredi
RC Sistemas
Exatas Contabilidade
Auto Posto Arinos LTDA
Covid-19
Soluti - Exatas Contabilidade

JUARA MATO GROSSO



MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2021 © showdenoticias.com.br