NOTÍCIA | TIROTEIO

Homem agride a esposa, troca tiros com a Polícia e acaba preso em Juara

Aguardem novas infomracoes em futuras reportagens sobre o caso.

Por: Redação Aparicio Cardozo - Show de Notícias
Publicado em 09 de Fevereiro de 2019 , 13h12 - Atualizado 09 de Fevereiro de 2019 ás 22h55


Reprodução - Redes sociais

Uma cena de bangue bangue aconteceu na manhã deste sábado, por volta das 8h30, na Rua Moacir Semensato, provocou pânico nos moradores das proximidades da residência do casal Eder Rony Lima e Rafaela e aguçou a curiosidade a população.

Segundo informações colhidas no local pelo Show de Notícias com populares e com a própria companheira ou namorada do acusado, Eder Rony Lima, idade não revelada, teria passado a noite bebendo com ela e depois de uma discução, acabou agredindo-a física e moralmente e, como possuía uma arma em casa, teria ameaçado matá-la e depois cometer suicídio.

Rafaela conseguiu se desvencilhar dele e correu até o vizinho para pedir socorro e chamar a Polícia Militar, deixando ele dentro da casa.

De acordo com declarações do Major PM Félix Júnior, comandante da PM, quando os policiais chegaram no local, foram recebidos a bala pelo agressor, que estava dentro de casa.

Os policiais revidaram e pediram reforço, mas como ele se manteve dentro da casa e estava armado, começou uma negociação entre o homem e os policiais, que estava sob o comando do Tenente PM Thiago Silva.

Por alguns minutos houve silêncio, depois foi possível um contato por telefone com ele, que pediu a presença de um policial que é amigo dele. O pedido foi atendido e logo em seguida, com a chegada do Major Félix, os ânimos se acalmaram e ele concordou em se entregar.

Os policiais adentraram a residência e logo em seguida saíram trazendo junto o agressor.

Ele foi detido e depois de lavrado o Boletim de Ocorrências, foi encaminhado para o Batalhão da Polícia Militar e depois para a delegacia de Polícia Civil, onde deverá permanecer preso até a decisão judicial.

Provavelmente, o delegado deverá pedir a sua prisão temporária, uma vez que são vários crimes, como posse e porte ilegal de arma 380 e munições, agressão contra a companheira, Lei Maria da Penha e disparos arma de fogo contra os policiais militares.

Aguardem novas infomracoes em futuras reportagens sobre o caso.

Exatas Contabilidade
Faculdade Anhanguera
Sicredi
RC Sistemas
Judô
Jumasa
Auto Posto Arinos LTDA

0 | COMENTÁRIO
Nenhum comentário foi feito até o presente momento.




MAIS NOTÍCIAS

Inviolável


Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2019 © showdenoticias.com.br