NOTÍCIA | BEBIDA E MORTE

Bebedeira acaba em briga e morte de um homem de 27 anos em Porto dos Gaúchos.

O fato aconteceu em um armazém no Distrito de Novo Paraná.

Por: Aparicio Cardozo Show de Notícias/Informações
Publicado em 06 de Maio de 2024 , 06h27 - Atualizado 07 de Maio de 2024 as 19h53


Reprodução do RG da vítima

Renildo Ferreira da Silva, nascido em 12 de janeiro de 1997, na cidade de Barras, no Piauí, morreu na madrugada dessa segunda-feira, dia 06 de maio, após uma briga com outro trabalhador no armazém de grãos da Sipal, em Novo Paraná, distrito de Porto dos Gaúchos.

Segundo informações, a Polícia Judiciária Civil de Porto dos Gaúchos foi acionada pelo hospital municipal da cidade, por volta da 00H40 da madrugada desta segunda-feira, dia 06 de maio, para atender uma ocorrência, onde um homem havia dado entrada com ferimentos graves e veio a óbito.

A médica plantonista do hospital municipal de Porto dos Gaúchos informou aos policiais civis, que a equipe foi acionada por volta das 23 horas do domingo, dia 05, para atender a um chamado em Novo Paraná,, onde um homem havia sido agredido e estava em estado grave.

Chegando no local a equipe encontrou Renildo Ferreira da Silva, com baixa saturação na corrente sanguínea, já quase sem vida, porém, mesmo recebendo massagens cardíacas e todo atendimento possível para mantê-lo vivo, no deslocamento a caminho da cidade, ele não resistiu e faleceu.

O agente da Polícia Civil entrou em contato com o responsável operacional da empresa Armazéns Sipal, Adriano Fernandes de Souza, que informou que chegou ao local logo após o fato e foi informado que a vítima estava ingerindo bebida alcoólica e ouvindo música com outro funcionário, Adriano Alves Campos.

Os dois tiveram uma discussão por motivo fútil, que evoluiu para vias de fato e Adriano teria se apossado de um pedaço de tábua de madeira e desferindo alguns golpes na cabeça de Renildo Ferreira.

A tábua foi encontrada ao lado da vítima, mas, o possível agressor se evadiu do local, tomando rumo ignorado, levando apenas documentos pessoais e até o fechamento desta matéria, não havia sido localizado.

A Polícia Militar também foi acionada, realizou buscas pelas imediações, mas não consegui localizar o suspeito.

O corpo de Renildo foi liberado e transportado para Juara pela Funerária Cristo Rei, onde será periciado pelo médico legista, depois deverá ser transladado para a sua cidade de origem, Barras do Piauí, para ser velado e sepultado pela família.

Sicredi
Soluti - Exatas Contabilidade
Exatas Contabilidade
Auto Posto Arinos LTDA

JUARA MATO GROSSO



MAIS NOTÍCIAS


Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2024 © showdenoticias.com.br