Justiça expede prisão contra pecuarista de Novo Horizonte do Norte por furto de gado.

Nilson Martins da Silva foi considerado mentor intelectual dos furtos e comandante de uma organização criminosa

Por: Redação Show de Notícias
Publicado em 15 de Junho de 2018, 07h01 - Atualizado 16 de Junho de 2018 ás 08h48


Arquivo Show de Notícias

Após a prisão em flagrante de dois elementos por furto de gado em Juara, ocorrida em 06 de maio, quando Cidivaldo do Amaral Ferreira, 22 anos e Sidimar Alexandre Barroso da Cruz, estavam com a caminhonete F4000, placas GKQ 4392, de Juara, de propriedade de Nilson Martins da Silva, 32 anos, transportando 07 vacas furtadas da fazenda do Senhor Izael Costa, popular Pé Queimado, na região da Paranorte, a Polícia Judiciária Civil, sob o comando do Delegado Carlos Henrique Engelmann, continuou as investigações, que culminaram com a decretação da prisão do dono dessa caminhonete, como sendo o mentor intelectual dos furtos e chefe de uma organização criminosa, especializada em abigeato, furto de gado.

Como não houve flagrante naquela oportunidade, Nilson Martins da Silva, foi liberado por falta de provas, mas foi citado pelos dois elementos presos, como sendo o comandante da organização, no entanto, as investigações continuaram e, segundo Dr. Carlos, como houve várias contradições nos depoimentos colhidos e a Polícia Civil conseguiu localizar mais 30 animais furtados em Juara, que estavam em diversas propriedades rurais de Novo Horizonte do Norte, sendo que 28 foram devolvidas para os proprietários e duas já haviam sido abatidas e consumidas.

 

Diante de todas as evidências e provas conseguidas pela Polícia Judiciária Civil, o pedido de prisão preventiva, segundo o delegado, foi feito pelo Ministério Público e acatado pela justiça, que determinou a prisão de Nilson, que foi localizado e preso pelos policiais civis, passou por exames de corpo de delito e encaminhado para a cadeia pública de Juara, onde ficará à disposição da justiça.

“Em outros depoimentos, ficou claro que ele não seria o receptador do gado e sim, um dos autores dos furtos, mesmo não participando do ato em si, como abrir porteiras e ajudar a carregar os animais, ele entregava a sua caminhonete para que outros elementos praticassem os furtos e determinava onde iriam acontecer”. Disse Dr. Carlos.

Dr. Carlos disse que as investigações continuam, são muito dinâmicas e mais pedidos de prisão contra outras pessoas envolvidas, poderão ser expedidos pela justiça e executados pela Polícia Civil de Juara.


Faculdade Anhanguera
Jumasa
Exatas Contabilidade
Social Show
RC Sistemas
Auto Posto Arinos LTDA
Sicredi
Judô

0 | COMENTÁRIO
Nenhum comentário foi feito até o presente momento.




MAIS NOTÍCIAS

Inviolável


Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.

CADASTRE-SE



2002 - 2018 © showdenoticias.com.br