NOTÍCIA | ACORDO

Prefeita de Aripuanã acata sugestão da Coopemiga e libera travessia parcial em ponte

O presidente da Cooperativa de Garimpeiros sugeriu a criação de obstáculos na pista que dá acesso à ponte para impedir que veículos pesados façam a travessia, liberando apenas para caminhonetes e carros pequenos

Por: Assessoria de imprensa da prefeitura de Aripuanã
Publicado em 26 de Outubro de 2021 , 19h25 - Atualizado 26 de Outubro de 2021 as 19h55


Reprodução
Nesta terça-feira (26.10), o presidente da Cooperativa de Mineradores e Garimpeiros da Região de Aripuanã (Coopemiga), Antônio Vieira da Silva, se reuniu com a prefeita do município, Seluir Peixer, e o secretário municipal de Infraestrutura, Adriano Silva, para apresentar uma proposta para a liberação parcial da ponte de madeira sobre o Rio Aripuanã, na MT-208, que está em obras de recuperação e que liga a cidade ao distrito de Conselvan e ao garimpo da cooperativa.
 
O conselheiro fiscal da Coopemiga, Rogério Tomaz Gaspar, e os vereadores Sineia da Galáxia, Caxeta, Nenê Cabeleireiro e Beto Casteliano também participaram da reunião. “Os gestores municipais e vereadores aprovaram nossa proposta, que é de criar obstáculos, por meio de zigue-zague com manilhas na pista que dá acesso à ponte para impedir que veículos pesados façam a travessia colocando em risco sua estrutura. Com isso, apenas os carros pequenos e caminhonetes poderão atravessar a ponte, já que não danificam a base da obra”, explica o presidente.
 
Devido à interdição da ponte, que já dura cerca de 40 dias, é necessário fazer um desvio de aproximadamente 20 quilômetros denominado ‘Estrada Salvação’ para retornar novamente à MT-208. “Além de fazer a ligação do distrito de Conselvan com o município, a ponte também é a principal travessia para a mineradora Nexa, e muitos outros moradores que têm chácaras e fazendas nessa região, por isso a importância de liberar a passagem para veículos menores, pois o desvio é distante”.
 
Com essa medida, até a conclusão da obra, os moradores da região poderão fazer a travessia obedecendo a esses critérios. “A liberação da ponte foi um grande êxito para nós, garimpeiros, e para as pessoas que fazem esse trajeto constantemente, muitas vezes precisando ir ao hospital ou ao comércio da cidade. Agradecemos à prefeitura, que entendeu essa necessidade”, destaca o presidente da Coopemiga.
Sicredi
Soluti - Exatas Contabilidade
Jud
Exatas Contabilidade
Covid-19
Auto Posto Arinos LTDA
Jumasa

JUARA MATO GROSSO



MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2021 © showdenoticias.com.br