NOTÍCIA | NO SOLO

Voos da ASTA de Juara à Cuiabá, previstos para começar em 01 de abril, poderão não acontecer.

A empresa não conseguiu vender os 25 pacotes necessários para operar a linha Juara Cuiabá

Por: Redação Aparicio Cardozo - Show de Notícias
Publicado em 20 de Março de 2019 , 08h27 - Atualizado 20 de Março de 2019 ás 08h38


Reprodução - Google Guru da Cidade

A empresa ASTA Linhas Aéreas, que pretende fazer a linha entre Juara e Cuiabá, com dois voos semanais, ida e volta, poderá não conseguir seu intento e o projeto pode ser suspenso.

O problema está na venda dos pacotes, que não evoluíram e a empresa precisa de uma garantia de 100 passagens por mês, para conseguir operar a linha com seu avião, grand caravana, modelo com capacidade para 12 passageiros, mas, homologado pela ANC para 09 pessoas.

De acordo com o diretor da empresa senhor Fabiano Oliveira, a empresa pretende começar a operar a linha no dia 01 de abril, porém, como não houve venda suficientes de pacotes, o projeto poderá ser suspenso.

Por telefone, o senhor Fabiano explicou ao Show de Notícias, que a empresa já fez o pedido de inscrição junto a ANAC, para a liberação dos voos, procedimento necessário para que inicie as operações, no entanto, caso não consiga fechar os 25 pacotes de 08 passagens mensais, terá de pedir o cancelamento da inscrição.

O Show de Notícias vem acompanhando esse processo, desde a ida à Cuiabá dos vereadores e o prefeito Carlos Sirena, para tentar fazer com que a empresa voltasse a operar em Juara e depois, com a presença de um dos diretores em Juara, senhor Jean Carlos Simi, porém, a venda de pacote não evoluiu o suficiente para que o voo aconteça.

Clique AQUI e saiba mais sobre a ASTA e o pacote para voar em Juara

Exatas Contabilidade
Auto Posto Arinos LTDA
RC Sistemas
Judô
Jumasa
Faculdade Anhanguera
Sicredi

0 | COMENTÁRIO
Nenhum comentário foi feito até o presente momento.




MAIS NOTÍCIAS

Inviolável


Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2019 © showdenoticias.com.br