Show de Not�cias
Social Show
00:39:47

Padre que morou no Vale do Arinos não pode visitar amigos na região por causa da ponte queimada do Matrinxã.

Aguarde que estamos preparando o vídeo sobre a tentativa do padre Vilmar Feuser de visitar o Vale do Arinos.


Social Show

Essa é uma história vivida e escrita pelo jornalista Aparicio Cardozo, mas que, certamente, tem um roteiro traçado e assinado por Deus, nosso criador supremo.

Na terça-feira, dia 22 de setembro, o jornalista Aparicio Cardozo se deslocou até o Rio Matrinxã, distante cerca de 153 Km de Juara e 08 Km do Distrito Administrativo de Paranorte, na estrada que liga o município de Nova Monte Verde ao Vale do Arinos.

Enquanto gravava a reportagem sobre o ato de vandalismo, protagonizado por alguém que ateou fogo e destruiu totalmente a ponte, nossa câmera registrou a chegada de uma caminhonete, que apareceu de repente do outro lado do Rio, sentido Nova Monte Verde Juara.

Para a surpresa deste jornalista, na caminhonete estavam 04 senhores e um deles era o padre e amigo Vilmar Feuser, que morou em Porto dos Gaúchos e atendia também Tabaporã, nos anos de 1990 a 1993.

Como fez muitas amizades na região e estava em férias, o padre pretendia visitar as cidades do Vale do Arinos e matar a saudades dos amigos, mas foi impedido, pois o rio não tem mais a ponte e tiveram que voltar para o norte de Mato Grosso.

Para virem até a ponte eles rodaram 400 Km até Paranaíta, passando por Nova Monte Verde e Apiacás e agora o destino é passar o Rio Teles Pires e visitar o estado do Pará.

Atualmente Padre Vilmar mora hoje na cidade de Armazém, Santa Catarina e de lá partiu para aproveitar as férias em Mato Grosso, acompanhado do empresário Carlos Wensing e do Coronel da Reserva da PM, Dionísio Tonett, de Rio do Sul, também em Santa Catarina.

Junto com eles na visita que pretendiam fazer ao Vale do Arinos, estava o senhor Carlos Cruz, da cidade de Paranaíta, Mato Grosso.

O padre registrou o momento em uma Selfie junto com os amigos e na foto aparecem o amigo jornalista Aparicio Cardozo e o comandante do Núcleo da PM de Paranorte, o sargento PM Sebastião Queiroz.

Padre Vilmar também reclamou de não haver uma placa na saída de Nova Monte Verde, indicando que a estrada estava interditada, pois não teriam perdido a viagem.

Mas, para não perder completamente a viagem, o padre mandou um abração aos amigos de Vale do Arinos e pediu uma benção divina a todos.

Aguarde que estamos preparando o vídeo sobre a tentativa do padre da visitar o Vale do Arinos.




2002 - 2021 © showdenoticias.com.br