NOTÍCIA | ORAR NO MONTE

MPF: ex-deputada fez oração para quitar dívida de R$ 5 milhões

Documento aponta que Luciane tinha dívidas maiores com pessoas físicas do que instituição financeira

Por: CÍNTIA BORGES DA REDAÇÃO Mídia News
Publicado em 21 de Setembro de 2020 , 11h14 - Atualizado 21 de Setembro de 2020 as 11h18


Reprodução Midianews
A Polícia Federal encontrou na casa da ex-deputada estadual e ex-prefeita de Juara, Luciane Bezerra (PSB), um papel com uma oração rascunhada pedindo ao divino auxílio para dívidas com agentes políticos.
 
A oração foi apreendida durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na Operação Ararath e está anexada à denúncia feita contra ela e ex-parlamentares filmados recebendo maços de dinheiro no Palácio Paiaguás. Na época, Silval Barbosa era governador do Estado.
 
No verso do papel, datado de 4 de junho de 2017, estavam listados os valores e nomes de diversas pessoas a quem supostamente Luciane devia.
 
Ela, o prefeito Emanuel Pinheiro e outros oito parlamentares de legislaturas anteriores se tornaram réus na ação que investiga pagamento de “mensalinhos” durante o governo Silval.
 
luciane bezerra recebendo propina
 
Trecho em que a ex-parlamentar recebe R$ 50 mil do ex-chefe de gabinete Silvio Correa
 
“[...] O verso aponta a existência de uma dívida milionária com diversas pessoas, entre elas agentes políticos. O pedido final era: ‘Quitar todas as dívidas e ter renda própria dos nossos negócios e não depender mais de dinheiro de política’”, diz trecho da denúncia do MPF.
 
O verso do documento traz nomes como Celsinho, Orlando, Sachetti, Tarcísio, Custeio Bradesco, Adv (advogado) Marcos, Adv William, Neto e Casa Cuiabá com valores à frente. E ao final: “R$ 4 milhões a R$ 5 milhões”, que podem ser interpretados como o montante da dívida.
 
Para o MPF, o valor aponta que Luciane tinha dívidas muito maiores com pessoas físicas do que instituição financeira, o que comprovaria que ela tentava agir “à marginalidade” do sistema financeiro.  
 
“Nesta lista, destacamos que uma das menores dívida que a denunciada possui é perante a instituição financeira oficial Banco Bradesco. As demais dívidas são com terceiros que não são instituição financeira, justamente buscando agir à marginalidade do sistema financeiro quando se trata de negócios”, disse documento MPF.
Jud
Exatas Contabilidade
Faculdade Anhanguera
Sicredi
Auto Posto Arinos LTDA
Jumasa
RC Sistemas
Soluti - Exatas Contabilidade
Covid-19




MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2020 © showdenoticias.com.br