NOTÍCIA | DERF CUIABÁ

Polícia Civil prende autor de roubo de carga de chips e celulares

Edpool estava trabalhando como motorista de aplicativo (uber) e utilizava o referido veículo desde o ano passado. Ele é conhecido morador do bairro Tijucal.

Por: Assessoria de Comunicação Social/PJC
Publicado em 11 de Fevereiro de 2019 , 15h48 - Atualizado 11 de Fevereiro de 2019 ás 15h52


Reprodução - Assessoria de comunicação da PJC
Um jovem de 27 anos acusado de integrar uma quadrilha envolvida no roubo de carga de chips e aparelhos celulares foi preso pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá. A prisão de Edpool Bruno Fortaleza de Queiroz de 27 anos,foi efetuada na última sexta-feira (08.02). 
 
A mercadoria era transportada por uma empresa terceirizada, que havia sido contratada por uma rede de lojas de eletrodomésticos. No total foram roubados 119 aparelhos celulares de várias marcas e 353 chips diversos.
 
Edpool e mais dois comparsas monitoraram o caminhão que foi recolhido na tarde anterior, já carregado com os objetos, na casa do motorista da empresa que. Na manhã seguinte, ao sair, o motorista foi abordado e rendido juntamente com a esposa, no bairro 1º de Março, em Cuiabá.
 
Sob ameaça de serem mortos e na mira de revólveres, as vítimas foram obrigadas a seguirem até um local ermo, onde os criminosos concretizaram o roubo, levando todos os chips e celulares da empresa. Após tomaram rumo ignorado e as investigações da Polícia Civil iniciaram com a comunicação dos fatos, para identificar os suspeitos e localizar os objetos roubados
Durante o trabalho, a Derf chegou a Edpool, pessoa que teria utilizado seu veículo Corsa Classic, para dar suporte no roubo.
 
O veículo usado no  crime não se encontrava em nome do suspeito, que foi preso em flagrante. Com ele foram encontrados quatro celulares da carga roubada e R$ 700,00, da venda dos produtos roubados, o que segundo o delegado André Monteiro “ajuda a provar a participação dele”, no assalto.
 
Conduzido à Derf Cuiabá, Edpool Bruno confessou a prática do crime, bem como foi reconhecido pelas vítimas como uma das pessoas que fazia ameaça e portava arma de fogo.
 
Edpool estava trabalhando como motorista de aplicativo (uber) e utilizava o referido veículo desde o ano passado. Ele é conhecido morador do bairro Tijucal.
 
As investigações da Especializada continuam para localizar e prender os demais participantes e receptadores da carga, assim como a localização dos demais objetos.
Judô
Jumasa
Faculdade Anhanguera
RC Sistemas
Auto Posto Arinos LTDA
Exatas Contabilidade
Sicredi

0 | COMENTÁRIO
Nenhum comentário foi feito até o presente momento.




MAIS NOTÍCIAS

Inviolável


Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2019 © showdenoticias.com.br