NOTÍCIA | OPERAÇÃO

Operação em Sinop conta com mais de 100 agentes e 27 viaturas

A ação também conta com o apoio de um helicóptero do Ciopaer e a parceria da Prefeitura

Por: Nara Assis | Sesp-MT
Publicado em 31 de Maio de 2019 , 09h48 - Atualizado 31 de Maio de 2019 ás 09h56


Gabriel Aguiar / Sesp-MT

Com o emprego de 112 pessoas, entre policiais, agentes e demais integrantes das forças de segurança e parceiros, foi deflagrada a Operação Integrada Ordem Pública, nesta quinta-feira (30.05), em Sinop (505 km ao Norte de Cuiabá). Além disso, as atividades contam com apoio de 27 viaturas e um helicóptero.

Coordenada pela Adjunta de Integração Operacional da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), a ação visa combater a criminalidade na cidade em várias frentes, especialmente atos ilícitos cometidos por pessoas que tenham relação com facções criminosas. Ao longo de todo o dia serão feitos bloqueios com abordagens policiais, fiscalizações de trânsito e de comércios, além de pinturas nos muros que foram pichados em apologia ao crime.

No lançamento da operação, a coordenadora de Planejamento e Monitoramento da Sesp-MT, tenente-coronel PM Bianca ressaltou que o trabalho integrado entre as forças de segurança é essencial. “Temos feito diversas operações nesse sentido, e em Sinop a gente vem com esse foco em facções criminosas, mas também atuamos contra a criminalidade de uma forma geral”. Ela também ressaltou que o trabalho continua nesta sexta-feira (31.05), de forma preventiva, com a realização do projeto Bairro Integrado, na Escola Municipal Armando Dias, no bairro Boa Esperança.

Logo no início da manhã, a Polícia Judiciária Civil (PJC-MT) cumpriu cinco mandados de busca e apreensão e prendeu duas pessoas. De acordo com o delegado regional de Sinop, Braulio Junqueira, isso é resultado da ação em conjunto. “O mais importante de tudo isso é essa integração que mostra a unidade entre as forças policiais no combate efetivo à criminalidade, e demonstra que a população pode acreditar no nosso trabalho, pois estamos prontos para proteger os cidadãos”.

Para o tenente-coronel PM Cleberson Rodrigues, comandante adjunto do 3° Comando Regional da Polícia Militar (PM-MT), o reforço do efetivo proporcionado pelas ações integradas é fundamental. “Desta forma, conseguimos dar respostas mais rápidas e de maneira mais pontual à população, porque além da parte repressiva, temos o compartilhamento de informações e ideias que auxiliam o trabalho da inteligência”.

O Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT) realiza vistorias técnicas em estabelecimentos comerciais e também atua na assistência necessária às forças policiais, com unidade de resgate, por exemplo. “O trabalho integrado faz com que consigamos melhores resultados, principalmente na redução dos índices criminais”, frisou o comandante regional de Sinop e do 4º Batalhão do CBM-MT, coronel BM Giovani Eggers.

Parceria com a Prefeitura

A Prefeitura de Sinop é parceira da operação, com a participação de agentes da Guarda Municipal e das Secretarias de Ordem Pública e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano. Com a segurança de policiais militares, os servidores da Prefeitura fizeram a pintura dos muros que continham nomes de facções e frases de apologia ao crime, em diversos bairros da cidade.

De forma integrada, pela segurança, atuam profissionais da PM-MT (e unidades especializadas), PJC (e unidades especializadas), CBM-MT, Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Grupo Estadual de Segurança na Fronteira (Gefron), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

 
Judô
Faculdade Anhanguera
RC Sistemas
Sicredi
Exatas Contabilidade
Auto Posto Arinos LTDA
Jumasa

0 | COMENTÁRIO
Nenhum comentário foi feito até o presente momento.




MAIS NOTÍCIAS

Inviolável


Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2019 © showdenoticias.com.br