NOTÍCIA | SUSPEITO DE TRÁFICO

Policiais civis cumprem buscas e prendem suspeito por tráfico no bairro Bela Vista

O trabalho deflagrado para cumprimento de mandado judicial resultou na apreensão de dinheiro e droga.

Por: Assessoria | PJC-MT
Publicado em 09 de Outubro de 2019 , 20h04 - Atualizado 09 de Outubro de 2019 as 20h06


Assessoria | PJC-MT

Um homem investigado por venda de entorpecentes, em uma mercearia usada como fachada, foi preso pela Polícia Judiciária Civil na tarde de terça-feira (08.10), no bairro Bela Vista, na Capital, em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

O trabalho deflagrado para cumprimento de mandado judicial resultou na apreensão de dinheiro e droga. O suspeito, V.C. de 45 anos, foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Durante diligências investigativas, os policiais civis da DRE identificaram um homem que vinha comercializando drogas utilizando uma mercearia no bairro. Diante dos indícios, a Polícia Civil representou pelo mandado de busca e apreensão, expedido pela 9ª Vara Especializada em Delitos Tóxico de Cuiabá.

De posse da ordem judicial, os investigadores foram até o endereço alvo, onde foram recebidos pela mãe do suspeito, que estava dormindo. Depois de acordado, foi encontrado no do bolso da roupa de V.C., cerca de R$ 1,8 mil e uma porção de pasta base de cocaína.

Na mercearia, que fica ao lado da residência de V.C., foi constatado que havia poucos produtos à venda. Segundo informações de testemunhas, o suspeito pratica o tráfico, conhecido como “formiguinha”, e com essa renda abastece a mercearia.

Diante do flagrante, V.C. foi conduzido para a DRE junto com o material apreendido. Ele foi interrogado e autuado por tráfico de drogas. Depois foi apresentado para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.

Judô
Exatas Contabilidade
Sicredi
Jumasa
RC Sistemas
Faculdade Anhanguera
Auto Posto Arinos LTDA




MAIS NOTÍCIAS


Inviolável



Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2019 © showdenoticias.com.br