NOTÍCIA | DERF-VG

Trio envolvido com crimes patrimoniais e tráfico de drogas é preso em Várzea Grande

As investigações iniciaram após a equipe da Derf-VG receber informações de que Marcilene, moradora do bairro Jequitibá, em Várzea Grande estava com mandado de prisão em aberto.

Por: Assessoria | PJC-MT
Publicado em 09 de Janeiro de 2019 , 20h17 - Atualizado 09 de Janeiro de 2019 ás 20h19


Assessoria | PJC-MT

Três criminosos, com passagens por crimes patrimoniais e acusados de atuar com o comércio de entorpecentes, foram presos em flagrante pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG), da Polícia Judiciária Civil, na madrugada desta quarta-feira (09.01), no município.

O trabalho resultou na prisão em flagrante de, Marcilene Conceição Curvo, 32, Marcos Antônio Curvo, 23, e Flávio Rodrigues Carneiro, 41, pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, além de cumprimento de mandado de prisão contra Marcilene, apreensão de drogas e de objetos de origem ilícita.

As investigações iniciaram após a equipe da Derf-VG receber informações de que Marcilene, moradora do bairro Jequitibá, em Várzea Grande estava com mandado de prisão em aberto. Segundo a denúncia, a suspeita também tinha envolvimento com o comércio de entorpecentes na região. Em checagem no sistema, foi constatado o mandado de prisão em aberto contra a acusada, expedido pela 2ª Vara Criminal de Cuiabá.

Diante dos indícios, os policiais da Derf-VG foram até o endereço que a princípio estava vazio. Em conversa com moradores da região, as testemunhas relataram que a suspeita e seu irmão Marcos Antonio fugiram em um veículo Voyage preto, ao saberem da chegada da Polícia no bairro.

Em continuidade as diligências, os policiais seguiram para residência do irmão da suspeita, no bairro Solares Tarunã. No endereço, os investigadores avistaram o veículo suspeito. Marcilene estava em frente a casa sendo abordada pelos policiais e informada sobre o mandado de prisão em aberto em seu desfavor. Na casa, também estavam os suspeitos Marcos Antonio e Flávio que auxiliaram na fuga de Marcilene.

Questionada sobre a atuação com a venda de entorpecentes, a suspeita confessou que atuava no comércio ilícito e que havia dois tabletes de maconha escondidos em sua residência. Os policiais retornaram a casa da traficante, onde foram apreendidos as duas porções da droga, que estavam escondidas debaixo da caixa d'água do banheiro.

Segundo o delegado, Afonso Monteiro da Silva Junior, Marcos e Flávio possuem várias passagens anteriores, em sua maioria por crimes patrimoniais.

“No primeiro momento, o alvo era Marcilene, pois havia a denúncia do mandado de prisão em aberto em seu desfavor, porém a ação resultou na prisão de Marcos e Flávio, autores de diversos crimes como roubos, furtos, receptação, embriaguez ao volante, tendo Flávio passagem anterior também por tráfico de drogas”, disse o delegado.

RC Sistemas
Auto Posto Arinos LTDA
Faculdade Anhanguera
Jumasa
Judô
Exatas Contabilidade
Sicredi

0 | COMENTÁRIO
Nenhum comentário foi feito até o presente momento.




MAIS NOTÍCIAS

Inviolável


Interessado em receber notícias em seu e-mail?
Nós o notificaremos e prometeremos nunca enviar spam.


2002 - 2019 © showdenoticias.com.br